O quarto ideal para uma boa noite de sono.

01

Segundo a consultora do sono da Duoflex, Renata Federighi, já foi comprovado cientificamente que, para uma noite de sono plena é necessário que o ambiente esteja escuro. “A luz prejudica na produção hormonal e dá uma sensação de cansaço pela manhã”, alerta a consultora.

Além de escuro, é importante que o ambiente seja limpo, ventilado e organizado para ter um clima aconchegante. Outro ponto fundamental é dormir com silêncio, de preferência sem o barulho da rua, segundo a arquiteta e especialista em decoração de quartos infantis, Lígia Bisconti.

A bagunça também pode causar estresse. Uma dica da arquiteta é sempre deixar o quarto e a cama arrumados. “Quando voltar no final do dia e encontrar o ambiente organizado será reconfortante”, afirma a arquiteta.

Dia-do-Sono2

Decoração – É bom destacar que as cores utilizadas nos quartos têm energia e refletem o clima que se quer dar ao ambiente. Cores mais suaves são as mais indicadas, mas o uso de cores escuras não é proibido.

“Nada impede que tenhamos, por exemplo, uma parede cinza concreto com outros objetos com cores mais alegres e suaves como água, amarelo suave ou verde cítrico. Juntos, podem criar um ambiente lindo e cheio de personalidade”, diz Lígia.

luz do quarto vai de acordo com o gosto de cada pessoa. A arquiteta sugere o uso de lâmpadas que podem ter a intensidade regulada como desejar. Para quartos de bebês, é fundamental não ter lâmpadas expostas, já que eles ficam muito tempo deitados e olhando para cima. Com isso, basta usar filtros dentro das luminárias.

Veja outras dicas decorativas da arquiteta:

Escolher um jogo de lençol bonito, confortável, fácil de lavar e passar deixa o ambiente leve. Modelos com cores claras e detalhes delicados ficam elegantes.

Colcha, cobertor ou edredom que combine com seus jogos de lençol. “Dormir com frio não é nada relaxante”, diz Lígia.

Luminária no criado-mudo é decorativa e evita que a pessoa precise circular pelo quarto no escuro.

Travesseiro – Os modelos dos travesseiros devem ser utilizados de acordo com o biotipo e gosto pessoal de cada um. “O uso do travesseiro em altura e suporte apropriados faz com que a postura de descanso favoreça a coluna, permitindo que a pessoa se levante bem disposta e sem dores no corpo no dia seguinte”, diz Renata.

Dormir de forma inadequada, além de interferir no rendimento das atividades diárias, pode agravar processos como contraturas, osteoporose e má circulação. Para as pessoas mais altas ou pesadas é indicado, por exemplo, travesseiros de maior altura ou com suporte mais firme.

Outro erro comum é expor os travesseiros ao sol. As bactérias ficam alojadas no seu interior e, se for colocado ao sol, ocorre um aquecimento e aumenta a proliferação de ácaros.

Por isso, o ideal é sempre arejar e ventilar o travesseiro, protegido por uma fronha, sempre com luz indireta, segundo a consultora. Esta medida irá aumentar a saúde e a durabilidade do travesseiro. Outra dica importante é utilizar capas de tecidos impermeáveis, para aumentar a proteção e consequentemente a vida útil do travesseiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *